A jornada dos nossos genes apresenta em primeira mão as descobertas de um novo campo do conhecimento capaz de revelar, a partir do sequenciamento de DNA de ossos humanos, de onde vieram os nossos antepassados.

Com base na arqueogenética, cientistas como Johannes Krause conseguiram traçar a rota das ondas migratórias que povoaram o mundo. E esses achados jogaram luz sobre aspectos do passado que permaneciam um mistério.

Krause e o jornalista Thomas Trappe reescrevem um dos capítulos mais interessantes desse percurso: o povoamento da Europa. Além disso, detalham a cultura dos povos que viviam lá no período pré-histórico, formados por hábeis artesãos, por pessoas que enterravam os mortos com joias de ouro muito antes dos faraós do Egito e por caçadores de grandes animais que pereceram na Era do Gelo.

Os dois também desfazem muitas noções incorretas sobre a formação dos povos – como a ideia de que os indígenas norte e sul-americanos têm origem asiática, por exemplo.

Este livro refuta os argumentos usados para defender a suposta existência de “raças puras”, uma vez que a nossa espécie é resultado direto do compartilhamento de componentes genéticos entre vários povos diferentes – e que nossa identidade é uma questão de cultura, e não de herança biológica.

A jornada dos nossos genes

R$54.90Preço
Apenas 1 em estoque