top of page

Um mergulho na obra de um dos nomes mais importantes da arte contemporânea brasileira é o que espera o visitante de Angelo Venosa, escultor, mostra panorâmica aberta ao público no dia 25 de agosto de 2023, na Casa Roberto Marinho sob a curadoria de Paulo Venancio Filho. “A mostra homenageia um dos mais relevantes escultores brasileiros, que participou de algumas exposições realizadas pela Casa Roberto Marinho, e reafirma o interesse do instituto pela arte contemporânea”, comenta o diretor Lauro Cavalcanti.

De acordo com o curador, que acompanhou a trajetória artística de Angelo Venosa (São Paulo, 1954 – Rio de Janeiro, 2022) desde os primórdios, a exposição apresenta um amplo panorama de sua produção absolutamente singular. E revela a complexidade de seu pensamento escultórico expresso em obras de grandes dimensões ou de pequeno formato, construídas a partir da diversa gama de materiais que caracteriza seu processo criativo. A panorâmica apresenta os trabalhos negros do início da carreira -- estruturados a partir de madeira, tecido e tinta -- em diálogo com a produção recente, estabelecendo relações plásticas entre as peças. Um autorretrato em xilogravura, de 1972, é a obra mais antiga em exibição. No térreo, há um espaço dedicado aos desenhos, anotações e esboços do artista que tinha grande fluência no traço. Completa a seleção uma série de retratos em acrílica sobre papel produzida por Luiz Zerbini, grande amigo de Venosa. A mostra contempla, ainda, uma cronologia ampliada organizada por Ileana Pradilla Ceron.

Angelo Venosa Escultor

R$ 180,00Preço
Somente 1 em estoque
    bottom of page