Numa época em que a relevância dos livros físicos só diminui, eis uma história emocionante sobre um livro da maior importância.

Esta história real e detetivesca revela as andanças de um texto sagrado – a Bíblia comentada do século X conhecida como o Códice de Alepo – desde seu esconderijo numa sinagoga síria à recém-fundada nação de Israel. Baseando-se em documentos guardados em sigilo durante cinquenta anos e em entrevistas com personagens decisivas, Matti Friedman propõe uma nova teoria sobre o que teria acontecido quando o códice deixou Alepo, Síria, no fim da década de 1940 e reapareceu em Jerusalém, misteriosamente incompleto.

Ao recontar essa história, Friedman explora as outrora vibrantes comunidades judaicas em terras islâmicas e segue o fio da meada até a época atual, descobrindo verdades incômodas sobre como o manuscrito foi levado a Israel e como suas páginas mais importantes acabaram desaparecendo. Ao longo do caminho, ele levanta perguntas cruciais sobre a propriedade legal de tesouros históricos e o papel do mito e da lenda na criação de uma nação.

 

“É possível ler o Códice de Alepo como se fosse um suspense. Também se pode ler a obra como uma crônica do povo judeu ou uma reflexão sobre a história e a mitologia. Há tempos eu não lia um livro que chegasse tão perto de conter absolutamente tudo quanto este excelente título.” Jonathan Safran Foer

Códice de Alepo

R$52.00Preço