Livro aborda faceta jurídica da obra machadiana

Na leitura da obra machadiana, Miguel Matos destaca a numerosa presença de advogados, desembargadores e bacharéis, entre outros diversos personagens do meio jurídico.

 

Focalizando esse prisma, Miguel Matos nos mostra que Machado de Assis era praticamente um jurista, valendo-se em diversas situações da linguagem jurídica para compor os enredos. A obra é como um Código jurídico, dividido em capítulos, artigos e incisos.

 

Os mistérios do imortal escritor são desvendados neste livro, como a descoberta de mais de 200 personagens do universo jurídico e, finalmente, a solução para o maior enigma: Capitu traiu Bentinho?

 

O livro é uma produção da editora Migalhas. Apresentada por José Sarney, possui prefácio do ministro Luís Roberto Barroso.


Para Luís Roberto Barroso, "O Código de Machado de Assis é diferente de tudo o que já foi publicado". O ministro do stf prefacia o trabalho, que também conta com apresentação de José Sarney, da Academia Brasileira de Letras.

Código de Machado de Assis

R$184.90Preço