O novo quadrinho de Marcello Quintanilha, vencedor dos prêmios Angoulême, Rudolph Dirks e Jabuti!

 

Mãe solteira, nascida e criada em uma comunidade uma comunidade do Estado do Rio, a enfermeira Márcia vem travando uma verdadeira batalha doméstica para disciplinar sua filha, a insubordinada Jaqueline. Apesar do auxílio de seu companheiro Aluísio, padrasto da garota, tudo parece inútil: Jaqueline não aceita se submeter a nada que a impeça de sair por aí e fazer o que quiser, sem dar satisfações a ninguém.

 

Porém, quando a jovem se vê envolvida até o pescoço com o crime organizado, Márcia estará disposta a chegar às últimas consequências para livrá-la dessa enrascada. Quer Jaqueline queira, quer não.

 

Muito se especulava sobre a nova HQ de Marcello Quintanilha, um dos mais célebres

quadrinistas brasileiros, aclamado internacionalmente. Munido de uma paleta de cores fortes e de seu estilo único de construir diálogos, Quintanilha conseguiu outra vez: Escuta, Formosa Márcia é um suspense familiar emocionante, surpreendente e inequivocamente brasileiro.

 

Do mesmo autor de Tungstênio (2014 – prêmios Angoulême e Rudolph Dirks), Talco de Vidro (2015), Hinário Nacional (2016 – prêmio Jabuti), Todos os Santos (2018), Luzes de Niterói (2019) e Deserama (2020).

 

 

Sobre o autor: Marcello Quintanilha nasceu em 1971, em Niterói. Atualmente mora em Barcelona. Autodidata, tornou-se quadrinista profissional ainda adolescente, nos anos 1980, desenhando gibis de terror e artes marciais para a editora Bloch. Nos anos 1990, passou a publicar seus quadrinhos em revistas como a General, General Visão, Nervos de AçoMetal Pesado, Zé Pereira e a Heavy Metal.

 

Em 1991, foi premiado no Salão do Humor de Ribeirão Preto. Ainda nesse ano foi premiado na 1ª Bienal de Quadrinhos do Rio de Janeiro. E voltou a ser premiado na segunda edição da Bienal, em 1993. Em 1999, foi premiado no Salão Carioca de Humor. Também em 1999, lançou seu primeiro livro de quadrinhos: Fealdade de Fabiano Gorila. Nesse momento, Quintanilha ainda assinava “Marcello Gaú”. Depois, se seguiram mais dois: Sábado dos Meus Amores (2009) e Almas Públicas (2011).

 

Tungstênio foi lançado pela Veneta em 2014. E logo depois na Espanha, França, Alemanha, Itália, Polônia... Um sucesso internacional que rendeu a Quintanilha diversos prêmios, incluindo o mais importante: o Angoulême. Em 2018 a adaptação do livro estreou nos cinemas brasileiros, dirigida por Heitor Dhalia. Talco de Vidro foi lançado em 2015, outro grande sucesso de público e de crítica. Em 2016 lançou Hinário Nacional, premiado com um Jabuti, depois vieram Todos os Santos (2018), Luzes de Niterói (2019), e em 2020 lançou seu primeiro romance, Deserama.

Escuta, Formosa Márcia

R$99.90Preço
Apenas 1 em estoque