No final de 2008, o artista visual Rubens Gerchman gravou uma série de depoimentos sobre a criação e as experiências vivenciadas na Escola de Artes Visuais do Parque Lage (EAV), que fundou e dirigiu entre agosto de 1975 e março de 1979. Ali se concretizava o que seria um de seus maiores desejos, manifestado em cartas, memórias e propostas de projetos: registrar e compartilhar a experiência coletiva de arte e educação da EAV, desenvolvida em plena ditadura militar. Este livro reúne as falas de Gerchman, além de documentos, cartas, recortes de jornal, material gráfico e uma série de 25 depoimentos com protagonistas da época, realizados por Clara Gerchman em parceria com os cineastas Bernardo Pinheiro e Pedro Rossi. Além de ensaios de Isabella Rosado Nunes, Suzana Velasco, Claudia Calirman e uma entrevista com Evandro Salles, permite um mergulho na EAV da segunda metade da década de 70, um exercício experimental de liberdade no ensino e na vivência de arte no Brasil.

Espaço de emergência, espaços de resistência

R$48.00Preço