Estorvo foi lançado pela primeira vez em 1991. Recepcionado pela crítica de forma praticamente unânime, a estreia de Chico Buarque no romance foi um acontecimento nas mais diferentes esferas da cultura e deu início à longa carreira literária do autor. Em 2021, trinta anos depois, a Companhia das Letras relança este que é um de seus maiores sucessos, em uma edição especial com textos de Roberto Schwarz, Sérgio Sant'Anna, Marisa Lajolo e Augusto Massi.
No livro, o leitor é mergulhado em um universo de delírio e digressões – característica que viria a ser reconhecida como recorrente na ficção buarquiana, assim como o cenário carioca – ao acompanhar o narrador em um nebuloso vagar pela cidade, após se deparar com um desconhecido em sua porta. A fuga do que não reconhece leva o homem a um incessante ziguezaguear por locais já conhecidos, como o sítio da família, a boutique da ex-mulher e o edifício de um velho amigo.
Uma metáfora ao Brasil da época, Estorvo é um marco para a literatura brasileira e, passadas três décadas, se mantém atual, assim como a obra de Chico Buarque.

Estorvo - Edição comemorativa de 30 anos

R$69.90Preço