Gal Costa é mais que um livro de fotografias. O mais novo lançamento da BEĨ compõe um quadro da trajetória intensa e prolífica de uma artista que nasceu com a Tropicália mas não para de se reinventar.

Um quadro incompleto, certamente, mas que inteira o leitor de 2022 da contribuição de Gal Costa para a música brasileira. Um legado vivo, do qual se apropriam artistas de toda uma nova geração de cantores e compositores que inclusive trabalharam com a cantora em seus últimos discos, e que não deixa de ser explorado no livro.

Organizado por Leonardo Lichote, Marcus Preto e Omar Salomão, o volume conta com depoimentos e entrevistas da cantora – uma delas ao lado de Maria Bethânia –, contribuições de nomes como Caetano Veloso e Zé Simão, além de textos assinados por importantes estudiosos da cultura brasileira – entre eles Antonio Risério, Júlio Diniz, Pedro Duarte e Renato Vieira.
Textos e fotos tratam da influência de João Gilberto, do período com os Doces Bárbaros, da parceria artística com Waly Salomão, de histórias deliciosas como a da gravação de “Um dia de domingo” com Tim Maia, e da consagração de Gal como uma das matriarcas da MPB.

“Quantas artistas há em Gal Costa? Quantas vozes já passaram por sua garganta e quantas ainda estão por atravessá-la nos próximos anos e depois?”, é o que pergunta Preto na introdução ao volume. Essa constante metamorfose dá forma a Gal Gosta, um mosaico visual e intelectual da obra da cantora, em si múltiplo e diverso como ela.

Gal Costa

R$145.00Preço
Indisponível