Preto e Branco é um mergulho no acervo de imagens do fotógrafo, radialista, DJ e jornalista Mauricio Valladares (carioca, safra 1953). Um mergulho na parte funda. Lá ficamos por semanas em torno de uma mesa sem ar. Ao lado de discos, copos e garrafas, reviramos caixas de negativos e positivos. De volta à superfície para respirar com o sorriso de Rita Lee e o olho esquerdo de Gilberto Gil. Bob Marley e a camisa de Pelé. Mais um mergulho e encontramos o Arco do Triunfo interrompido por um poste. Um arco sem seu vazio, vão. As mãos de Caetano Veloso e do Tremendão. Pessoas encarapitadas na marquise e na banca de jornal. A morte de John Lennon no papel. A morte capa de jornal do jornaleiro sem cabeça. Um elefante encara seu treinador olho no olho. Um antigo e saudoso píer rasga o mar da Praia de Ipanema. A alma anárquica e coletiva do carnaval de rua do Cacique de Ramos. Os colegas fotógrafos no ambiente da casa ou do trabalho. Torcedores do futebol de um antigo estádio chamado Maracanã. Um pau, os peitos, a bunda. Um almanaque de imagens sonoras de Led Zeppelin misturado com Gismonti, The Who com Hermeto, Skank com Peter Tosh, Jesus and Mary Chain com Daminhão Experiença, Paralamas com Nick Cave. Familiares, amigos e anônimos. Tudo está aqui.

Ao longo das últimas cinco décadas, Mauricio Valladares apontou sua lente para todos os lados de dia e de noite. Preto e Branco reúne 142 fotos analógicas realizadas entre 1972 e 2003, textos de Luiz Camillo Osório e Frederico Coelho e projeto gráfico de Christiano Calvet. Um grupo de imagens sobre gente com uma paisagem aqui e uma arquitetura acolá. Registro de ilustres nomes da música brasileira e internacional e flagrantes do homem comum nas ruas do Rio, de Paris, Roma e Londres. Um mundo perdido que renasce para nós pelos olhos de Mauricio.

Raul Mourão

Mauricio Valladares preto e branco

R$60.00Preço