A vida do escritor japonês Osamu Dazai foi muito conturbada. Envolveu-se com gueixas, foi expulso de casa, viciou-se em álcool e morfina, tentou o suicídio diversas vezes, acabou suicidando-se. Por causa disso, uma mangá muito famoso o transformou em ficção: Osamu Dazai é o protagonista de Bundo Stray Dogs. Não só, porém, a conturbação é o que faz brilhar a aura do autor. Na verdade, isso é o que menos importa no fim das contas. A grandeza de Dazai está em seu mérito literário. Declínio de um homem, seu romance mais celebrado, inclusive tendo sido adaptado também para dois mangás, e publicado pela Estação Liberdade em 2015, é um sucesso absoluto. Em pouquíssimo tempo, já recebeu várias reimpressões. Mulheres mantém a qualidade. São catorze contos, todos eles narrados por mulheres. A façanha, embora arriscada para um escritor homem, é exercida com maestria por Dazai, generoso ao deixar que sua voz seja tomada por essas vozes femininas. Em Mulheres, uma mulher tenta justificar o roubo cometido. Mais do que isso: questiona se a sociedade deve julgá-la por aqueles pouquíssimos segundos do ato criminoso, quando ela age fora de si e contra uma mega corporação, ou por seu comportamento exemplar de toda a vida. Uma jovem escreve uma redação bela e original aos olhos de todos, embora ela mesma não ache grande coisa; querem que a publique, ela o faz a contragosto, recebe elogios, é aclamada, mas depois tentam controlar sua escrita. Ela expõe o ridículo das palavras de ordem, dos manuais, das oficinas literárias, se é que não da pretensão de superioridade dos homens sobre as mulheres.

Mulheres

R$68.00Preço
Apenas 1 em estoque