Primeiro bad boy do futebol brasileiro, Heleno de Freitas é um dos mais controversos personagens não do esporte, mas da história nacional. Sua lenda transcende o universo dos estádios. Gênio temperamental, o atacante que fez história no Botafogo passou de forma devastadora pelos campos brasileiros. Bonito, de boa família, inteligente, mulherengo e viciado em éter, inflamou as trevas de sua psicose congênita, despencando do céu ao inferno na velocidade da luz. Faleceu aos 39 anos, num hospício em Barbacena, vítima de sífilis cerebral. Sua história virou filme com Rodrigo Santoro.

Nunca houve um homem como Heleno

R$68.00Preço