top of page

O último verão de Klingsor reúne contos escritos independentemente, mas que se conectam por um tema comum: a angústia. Neste livro, o vencedor do Nobel de Literatura Hermann Hesse aborda os sentimentos de angústia e culpa em três fases da vida; a infância, a meia-idade e a velhice.

 

O último verão de Klingsor é a reunião de três pequenas obras-primas escritas na mesma época em que Hermann Hesse produziu duas de suas mais celebradas criações ― Demian e Sidarta. No primeiro conto, “Alma de criança”, o autor explora a gênese do sentimento de culpa e da angústia através do relato das emoções de um garoto em relação ao pai.

No segundo conto, “Klein e Wagner”, vemos um mergulho ainda mais profundo nos temas já abordados na primeira narrativa, com uma história complexa de crime, castigo e redenção.

Já em “O último verão de Klingsor”, Hesse nos proporciona uma alegoria repleta de discussões sobre o amor, a representação do mundo, a arte, a posteridade e a magia. Ele narra os últimos meses de vida de um pintor expressionista, considerado por muitos como um retrato literário da natureza do escritor. É um ponto de partida para um relato que une a sabedoria de poetas chineses com a angústia de um artista diante das vicissitudes de sua vida e do legado de sua obra.

O último verão de Klingsor

R$ 64,90Preço
Somente 1 em estoque
    bottom of page