A vida está muito puxada na Terra? Partiu Marte! Viver longe dos outros e dos próprios problemas é o sonho de consumo de Thomas Major. Afinal de contas, a vida não tem sido nada boa para ele – pelo contrário. Seus traumas e tristezas o transformaram numa pessoa extremamente revoltada e rabugenta. Quando uma sequência imprevisível de acontecimentos o coloca na primeira missão tripulada para Marte, ele tem certeza de que tirou a sorte grande.O que ele não sabe é que sorte e acaso andam sempre de mãos dadas.Durante sua incrível viagem em direção ao Planeta Vermelho, sem que ele saiba, uma chuva de meteoros danifica um satélite. É aniversário de Thomas e ele decide entrar em contato com a Terra. Porém, ao tentar ligar para a ex-mulher, a chamada acaba caindo na casa da Gladys ― uma senhora com demência que leva uma vida difícil com os netos que perderam a mãe num acidente e cujo pai está preso. Thomas quer desligar na mesma hora, mas não consegue.E não faz ideia de que essa ligação pode mudar sua vida para sempre.O homem que foi para Marte porque queria ficar sozinho é uma história irresistível e comovente sobre uma amizade improvável e sobre segundas chances. Um livro que fará você rir, chorar... e se reconciliar com alguém. “Uma história engraçada, comovente e cativante, com gosto de chocolate quente ― chocolate quente com pimenta, digo, porque houve momentos em que eu ri de gargalhar! As páginas se viravam sozinhas ― mal posso esperar pelo próximo livro de David Barnett.” – Daniela Sacerdoti

O homem que foi para Marte porque queria ficar sozinho

R$49.90Preço