top of page

O detetive Mario Conde está de volta, e 2016 em Cuba é o pano de fundo para o novo romance do premiado escritor Leonardo Padura. A visita histórica de Barack Obama, um show da banda Rolling Stones e um desfile da marca francesa Chanel foram alguns dos acontecimentos daquele ano e que são transportados para a literatura pelas mãos do consagrado autor de O homem que amava os cachorros.

Manuel Palacios procura Mario Conde, antigo companheiro de farda, quando um importante político da ilha, Reynaldo Quevedo, é assassinado durante a visita do ex-presidente dos Estados Unidos. Quevedo tinha muitos inimigos, pois no passado havia atuado como censor para garantir que artistas do país não se desviassem dos slogans da revolução. Déspota e cruel, acabou com a carreira de quem não queria se curvar a suas extorsões. Quando, alguns dias depois de se reverem, um segundo cadáver é encontrado, Conde precisa descobrir se as duas mortes estão relacionadas e o que está por trás dos assassinatos.

No desenrolar do mistério, o detetive pesquisa e escreve sobre a vida do cafetão Alberto Yarini, personagem inspirado em um caso real do início do século XX, quando Havana era completamente diferente. Um caso de assassinato de duas mulheres revela a luta aberta entre o poderoso Yarini e seu rival Lotot, francês que disputa os espaços de prostituição na capital. O desenvolvimento de tais eventos históricos será conectado ao presente de uma forma que nem mesmo o próprio Mario Conde suspeita.

Conhecido e celebrado por mesclar acontecimentos históricos à literatura, Padura entrelaça magistralmente os enredos, esmiuçando as características mais peculiares dos personagens, de Havana e de Cuba, em uma leitura instigante que prende o leitor do início ao fim.

Pessoas Decentes

R$ 89,00Preço
Somente 1 em estoque
    bottom of page